Elon Musk e Mark Zuckerberg se alfinetam quando o assunto é inteligencia artificial

Essa semana ouve certas discussões entre o Elon Musk e Mark Zuckerberg. Por um motivo futurístico: Inteligência artíficial.

Elon Musk (CEO da Tesla e SpaceX), afirmou que o Mark Zuckerberg (CEO do Facebook), não compreende sobre o futuro da inteligencia artificial, ou melhor tem a compreensão “limitada quanto ao assunto”.

Porém o próprio Musk foi acusado de conhecer pouco sobre AI pelo Rodney Brooks, diretor fundador do Laboratório de Informática e Inteligência Artificial do MIT. Brooks também é o cofundador da iRobot e Rethink Robotics.

Este fim de semana o Zuckerberg conversou com os fãs através de uma transmissão ao vivo do Facebook por uma hora e meia, enquanto grelhou a carne no churrasco.

O rei do rede social teve algumas palavras fortes para os pessimistas de IA. Que acreditam e argumentam que o cuidado e a regulamentação são necessários para salvar o futuro da nossa raça antes que a AI se torne dominante.

Musk é bastante franco neste tópico. Embora fosse um proponente da tecnologia e da inteligência artificial em particular, ele recentemente chamou seu progresso do “maior risco que enfrentamos como uma civilização”.

“AI é um caso raro em que precisamos ser proativos na regulamentação em vez de reativos, porque se formos reativos na regulamentação da IA ​​pode ser muito tarde”, disse  Musk em uma reunião dos governadores norte-americanos este ano.

A AI é cada vez mais uma parte crítica do negócio do Facebook, enquanto o próprio Zuckerberg trabalhou com a tecnologia para desenvolver seu próprio sistema de automação residencial , então, talvez, ele se sente de maneira diferente.

“Eu acho que as pessoas que são inimitantes e tentamos aumentar esses cenários do dia do juízo final – eu simplesmente não entendo. É realmente negativo e, de certa forma, eu acho que é bastante irresponsável ” afirmou, de acordo com o Silicon Valley Business Journal.

A inteligencia artificial é um assunto muito complicado, nem um que tweets de 140 caracteres ou essa pequena transmissão podem explicar.

Com essa ida e volta entre Elon Musk e Mark Zuckerberg que são as figuras mais influentes do mundo nos negócios, pelo menos, ajudará a abordar este tópico e incentivar discussões mais profundas em torno do futuro da AI.